Milk-shakes e inovação: usando Jobs-to-be-done para melhorar seus produtos

"Milk Shake"

Um conselho comum para quem quer aumentar as vendas ou melhorar seus produtos é: conheça melhor seus clientes. É um ótimo conselho e o primeiro impulso de quem o recebe é questionar seus clientes sobre o que eles querem do produto, como podem melhorá-lo. Levantar os dados que tem sobre seus clientes e tentar enxergar o perfil do cliente perfeito.

O problema de perguntar o que seus clientes querem é que muitas vezes seus clientes não sabem o que realmente querem. Como dizia Henry Ford, fundador da Ford, “se eu perguntasse para meus clientes o que eles queriam, eles diriam que querem cavalos mais rápidos”.

Equipe que trabalha demais é sinal de gestão ruim

"Hora extra"

Domingo de noite, sua família está em casa na frente da televisão com aquele sentimento chato de que o dia seguinte é segunda feira e todos precisam acordar cedo. Mas você está em uma situação muito pior. Você já acordou cedo no domingo, trabalhou o dia inteiro e está tentando terminar o que precisava fazer enquanto come os restos da pizza que você e seus colegas pediram para o almoço.

Esse cenário não é tão desanimador quando o trabalho normal ocorre em fins de semana, mas isso acabou se tornando muito comum também em empresas em que os funcionários trabalham (pelo menos) 40 horas durante o expediente normal durante a semana e precisam esticar a jornada para alguns finais de semana e feriados.

Pare de abusar do Excel em sua empresa

"Trabalhando com Excel"

Trabalhar com planilhas se tornou sinônimo de trabalhar em escritório. Mesmo que você não as use todo dia, basta olhar para os monitores de seus colegas que você vai encontrar alguém com o Excel aberto, em uma planilha cheia de dados e cores. É como os gerentes tem certeza que as pessoas estão trabalhando, quando a luz da tela emite esse padrão cheio de quadradinhos, com eventuais cores berrantes para enfatizar informações supostamente importantes.

O Excel não é exatamente o que as pessoas considerariam um software intuitivo e muitas precisam de treinamento para aprender a usá-lo. E por ser tão exigido em vagas de emprego, as pessoas fazem esses treinamentos. Isso criou uma base de usuários gigante para esse e outros produtos da Microsoft, o que dá sempre a impressão de que todo mundo que você conhece sabe usar essa ferramenta. De acordo com a própria Microsoft, existem hoje mais de 1,2 bilhões de usuários do Microsoft Office, ou seja, 1 a cada 7 pessoas do mundo usam Office.

Novo recurso: Multi-equipes

"Múltiplas equipes"

Criamos nosso sistema de CRM, o Arivo CRM, para atender equipes de diversos tamanhos. Desde a pesssoa que cuida sozinha de todos os dados de clientes à times com gerente que precisa controlar vários representantes comerciais. E isso tem funcionado muito bem para vários de nossos clientes, que podem controlar facilmente quem é o responsável por cada cliente e se todos da equipe podem acessar dados de todos os clientes para um atendimento em equipe ou se cada vendedor tem acesso apenas aos seus próprios contatos, para maior controle.

Como falar com clientes e descobrir se seu negócio é uma boa ideia

"Entrevista com clientes"

O primeiro passo logo após a concepção de uma nova ideia de negócio é tentar descobrir se é uma boa ideia, se é útil, se vai gerar um produto lucrativo. Com essa validação inicial, você pode investir mais tempo e dinheiro e tranformá-la em algo mais concreto. Essa pesquisa inicial tem um tom mais informal, visando aprender sobre o problema e sobre o mercado, por isso normalmente procuramos conversar com conhecidos, parentes ou falar diretamente com pessoas que tem o perfil de cliente, caso seja possível.

A forma mais comum de fazer essa pesquisa é sendo direto, apresentando rapidamente sua ideia e pedindo a opinião da outra pessoa. E muitas vezes isso vai resultar em pessoas elogiando sua ideia e até prometendo que vão comprar seu produto quando ele estiver pronto. Satisfeito com esse tipo de feedback você resolve investir na ideia.